Viajar com crianças, como faz?



 

Muita gente pergunta como é viajar com duas crianças de 4 e 2 anos e vou te dizer com toda sinceridade: é um barato! A gente não tem luxo e geralmente se hospeda em hostels e casa de amigos/familiares e elas adoram. Acho que nós adultos criamos a maior parte dos empecilhos. Um conselho: criança não precisa de muito. Mesmo. Cada uma leva um brinquedinho (no caso delas o bichinho que elas gostam de dormir) e é isso. Giz de cera, folhas de rascunho, massinha… isso tudo a gente encontra pelo caminho onde quer que a gente vá.

Nunca fomos fãs de carrinhos e o único ítem de segurança que não abrimos mão é a cadeirinha do carro da Ava e a elevação de assento da Zoe. Se não levarmos, alugamos, mas nunca, nunca mesmo abrimos mão. Usávamos muito cangurus e mochilas mas agora elas andam com a gente. Não sei se demos sorte ou se simplesmente crianças são mesmo facilmente adaptáveis, mas nossa vida um pouco fora do convencional não parece tirar delas a alegria e a sede de descobrir.

Só para dar um exemplo, antes de virmos para o Brasil, Zoe e Ava estavam na pré-escola em Queenstown (Kindergarten) e adoravam a rotina delas. Aproximadamente seis semanas antes de virmos para o Brasil começamos o trabalho de conscientização delas. mostrando lado bacana de deixar a escolinha para trás e conhecer primos, fazer novos amigos e rever os bisavós. A gente tenta foca-las no lado bom (avião, praia, novos parquinhos…). Agora estamos fazendo o inverso, focando na volta pra casa, rever pessoas queridas, nos novos amigos, “vamos ser só nós quatro de novo”. E por aí vai… tem funcionado.

Ao contrário do que ouço muito no Brasil, a melhor fase de viajar com filhos é agora. Tudo que elas precisam é a gente. Não tem time de futebol pra deixar pra trás, nem namoradinhos. O encantamento pelas conchinhas do caminho e pela chance de nadar numa cachoeira diferente parece ser suficiente por enquanto. Acho que o segredo é abrir mão das frescuras que notamos serem muitas no Brasil. A mala delas é tem sido feita e desfeita e carregamos bem pouco (coloquei a listinha abaixo).

Agora com 5 anos a Zoe precisa começar a alfabetização e estamos considerando “homeschool” pelo menos agora nos próximos 6 meses onde ainda não sabemos onde vamos aportar de volta na Nova Zelândia. O país permite o ensino em casa desde que seguindo as regras estipuladas. Vale dizer que a Nova Zelândia é um país de imigrantes e viajantes e faz todo sentido permitirem as crianças de serem educadas “na estrada”.

Quanto a nós, Rodrigo e eu, precisamos ainda de menos. Tudo que temos na vida está num depósito do tamanho de um banheirinho de empregada. São lembranças e coisas que realmente não podemos nos desfazer. Se tem momentos de incerteza? Claro que tem! De querer parar e morar numa casinha pra sempre (já moramos em 11 casas!!!)? Óbvio! Mas basta o tempo passar o pouquinho que o bichinho da mudança volta a morder a gente.

O QUE VAI NA MALA DA ZOE E DA AVA:

Dois shorts, duas calças, 3 camisas, um casaco, roupa de praia, 4 calcinhas, dois pijamas, um chinelo e um tênis. Paracetamol, remédio de ouvido, termômetro, protetor solar e repelente. E é isso. MESMO!

 

Anúncios

4 comentários em “Viajar com crianças, como faz?

Adicione o seu

  1. Crianças são simples … Adulto tem o hábito de complicar tudo… Adulto em sua maioria quer usar a Lei da compensação … Às vezes por culpa não trabalhada …
    Vcs estão de parabéns!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: