O difícil exercício do desapego.

Já falei aqui de alguns tipo de desapego: por roupas, por objetos e de certa forma até do (des)apego por pessoas que a gente simplesmente não sabe viver sem.

Cheers!

E quanto ao desapego por hábitos, valores e pequenas coisas que transformaram você no que você é hoje?  Exemplo: Aqui na Nova Zelandia, você, mulher habituada a ser a primeira a sair do elevador ou a entrar no ônibus pode ficar um pouco decepcionada quando perceber que ninguém aqui liga muito pra isso. Por outro lado, a Nova Zelândia foi o primeiro lugar no mundo onde a mulher teve direito ao voto (1893). E tem mais, dificilmente você vai ter um pescoço inconveniente girando 180º pra ver você “frente e verso”. Aqui não tem fila de idoso ou gestantes, mas deve ser porque os idosos são ativos e bem dispostos em sua maioria e as gestantes não ficam em fila a menos que estejam em condições pra isso.

no “quintal” de casa…

Essa semana ouvi uma pergunta que desencadeou esse raciocínio todo: “Mônica, desde que você está aqui, teve algum dia em que você não acessou a Globo.com?” Não. Eu leio as notícias e as fofocas, vivo ativamente a rotina do que acontece no Brasil. Eu imigrei pra cá, mas de certa forma, continuo aí, e usufruo do melhor dos dois mundos já que vivo num país bacana mas não perco um dia do meu reality show favorito (mais uma vez, sim eu ADORO BBB).  Não sei se isso é a coisa certa, se existe um certo nesses casos… mas não vou virar fã de “Shortland Street” porque moro aqui. Mas sou fã de todo o resto. Da paz, do clima, da possibilidade de sair do trabalho, pegar um ônibus e 15 minutos depois parar num lugar tão lindo que te convence de que é impossível duvidar da existência de Deus.

no Sea Shepherd

Eu estou longe de ser “patriota”e sinceramente, acho o Brasil em termos de organização social e política uma bosta. Nada funciona, a corrupção é um cancer com metástase, completamente incurável e o povo se divide entre três categorias bem frustrantes: os culpados, os que não estão nem aí e os que reclamam mas não fazem porra nenhuma. A filosofia do “farinha pouca meu pirão primeiro” jamais vai ser extinta tornando irrefutável aos meus olhos a teoria de que não, o Brasil não tem jeito.

Feijoada na NZ!

Mas lá vai minha rendição Brasileira: a gente sabe fazer festa como ninguém. Veja bem eu disse festa, não bagunça nem arruaça (isso a gente sabe também). Nosso eventos são o máximo. Os shows internacionais que organizamos deixam a gringolândia toda (empresários, artistas e colaboradores) mega satisfeitos sempre. Sabe porque? Porque a gente tem a maldita manha do “jeitinho”. Essa desgraça está arraigada desde o útero na gente. Acontece que quando você trabalha em áreas onde tudo é meio imprevisível e a Lei de Murph se manifesta com uma certa frequência é preciso um bocado de criatividade e habilidade… Jeiitnho mesmo. E aí “parceiro” a gente tira de letra sempre, sorrindo.

E não é só  isso. O Brasil tem feijão preto, doce-de-leite, guaraná Antártica e requeijão de copo.

E a Nova Zelândia? Bem, a Nova Zelândia (além de todas as coisas incríveis) tem uma lojinha que importa tudo isso pra gente.

Anúncios

3 comentários sobre “O difícil exercício do desapego.

  1. Me bate as vezes uma baita saudade de você mas NUNCA, NUNQUINHA MESMO iria te dizer para voltar. Talvez sua dificuldade foi a fato de você imigrar já uma mulher. Se você fosse, como eu fui, adolescente ou criança você não estaria sentindo saudade alguma daqui como eu não sentia. Hoje eu sinto saudade de lá, deixei um pedacinho de mim fora do Brasil. Nesse aspecto somos diferentes. Mas amo ver essas suas fotos com um sorriso que nunca vi você dar aqui no Brasil. A única coisa que te peço é que sejas muito feliz. A distância é só do corpo e não da mente. Aprendi que amar é liberar o outro para ser feliz e se precisar ser feliz sem estar presente na minha vida que seje assim. Te amo garota!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s