“Aventura” é mesmo o nome…

2 horas de atraso no vôo, 4 horas de espaço entre a conexão Auckland x Wellington, quase 24 horas… e quando você chega…cadê a pessoa que viria te buscar? Falei muito pouco com o Rodrigo e certamente esse post é muito mais dele do que meu.
Só pra não deixar a galera que surpreendentemente vai mesmo acompanhar o blog deu tudo certo e amanhã começam as aulas do Rodrigo. Quanto a mim, fico na contagem regressiva que me leva pra lá. E ninguém me deixa esquecer a conta porque é exatamente o número de dias que faltam pra Copa do Mundo.

See you later!!!

Nota de Rodapé:

O Globo Repórter fez um especial sobre a Nova Zelândia, abordando principalmente o ecoturismo. Vale a pena assistir. Dá pra entender um pouco a nossa decisão. Pra quem quiser assistir basta clicar aqui.


Anúncios

3 comentários sobre ““Aventura” é mesmo o nome…

  1. Olá,
    espero que estejam conseguindo driblar a saudade. Como Rodrigo está aí? Hoje no Brasil é sábado, o que se faz aí nos finais de semana? Como falarmos com você, por e-mail? Estamos todos com saudades. Amo vocês!!!

  2. Puta que pariu.
    Pronto, já caguei o blog com um palavrão, mas aproveito a deixa da valvula de escape. Como a Renata mesmo disse ai: tenso!

    Aquele que é o Rodrigo não pode ser ele é forte. Vai aguentar.
    Aguenta ai, Rodrigo!!!

    Deve ser mesmo irritante, não poder dar uma pausa. Mas fiquem tranqüilos, quando qualquer um de vocês quiserem relaxar um pouco dessa Babel toda, me liguem que eu atendo em inglês. 😛

    Abraço.

  3. Cacete, que post tenso! Fui ficando nervosa aqui enquanto lia, me coloquei no lugar dele e, engraçado, antes de ler sobre a exaustão de entender e se fazer entendido do Rodrigo, eu pensei aqui: “Nossa, que parada mais desgastante deve ser essa situação”. Que coisa, não?! Acho que consigo entrar na vibe só imaginando de longe.
    Mas que bom que tudo deu certo, né? Esse período de adaptação deve ser realmente muito complicado.
    Ele se vira legal no inglês, Niki?
    Já atendi um neozeolandês quando trabalhava no Outback e achei o inglês dele MUITO sinistro. Bem parecido com o de um australiano que também atendi em outro dia. Esse, então, foi FODA de entender… Sorte que o cara era extremamente gente boa, a gente foi dando um jeito.
    Vou assistir esse Globo Repórter hoje, sou louca por aqueles lados de lá… NZ, Australia… Vou te visitar COM MUITO PRAZER! \o/
    Te amo, amiga! Quero te ver!
    Mande beijo pro Rodrigo, diz que eu fiquei nervosa daqui e que torço pra que ele tire de letra esses primeiros meses.
    Beijao

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s